Bem vindes ao Vale das Lobas

Bem-Estar, Descoberta, Biodiversidade

A RECEBER-VOS NO

VERÃO DE 2021

Imaginem          

Um lugar com ar limpo, nascentes naturais e agricultura tradicional, onde os únicos sons que pausam a meditação são o correr da água e o zumbir das abelhas.

Um vale antigo com lugares sagrados da era neolítica - cheio de poder de natureza selvagem, onde a conexão entre a humanidade e a natureza ainda está intacta, a ligação com o conhecimento ancestral.

Um lugar que sustem gentilmente a tua re-conexão contigo próprie e com a Natureza.

Estar simplesmente aqui já é revitalizante, relembrando-nos que somos um com a natureza.

NATURE SPA

O coração espiritual do Vale das Lobas
Mergulhem

Parque de Campismo

No coração da Natureza
Montem a vossa tenda

Restaurante

Icónico lagar de azeite do séc. XIX
Venham provar

Capela do Girões

Um tesouro esquecido
Espreitem

VILA DOS ARTESÃOS

Eco-habitações na Natureza
Dêem o passo

Agricultura Regenerativa

Cultivando em parceria com a Natureza
Mãos na terra

Parque de Biodiversidade

Um refúgio para a Natureza e para Rewilding
Descobre um lugar selvagem

AS NOSSAS NOTÍCIAS

Antigo lagar de azeite, futuro restaurante à beira da ribeira

Ao aproximarmo-nos então do restaurante, o destino veio ao nosso encontro, na forma de José da Cruz e Joaquim, dois aldeães nascidos e criados no Sobral Pichorro. E assim tivemos a mais incrível visita guiada ao edifício, para Joaquim o lagar onde o pai trabalhou toda a vida, e ele durante a adolescência. Para Zé da Cruz, uma viagem aos tempos de infância, numa realidade a qual nós, nascidos perto do novo milénio, quase nem acreditamos ser verdade.

Aves cantantes

Quem pode alegar ter maior fama e elogio pela sua “fala” (i.e., comunicação acústica) que os pássaros canoros, com as suas lindas e complexas canções? Estas, que são um sinal claro da chegada da primavera, deliciam-nos e inspiram poesia e arte.

Primavera

Esta semana trago-vos uma sugestão: encontrem um sítio calmo, mais perto ou mais longe, onde se possam sentar ou deitar ou ficar em pé enquanto tocam em algo que vos liga à Natureza. Talvez possam encontrar uma eira e ficar descalços no seu centro, ou pode sentar-se no vosso quarto enquanto tocam gentilmente na vossa planta-bebé. Quer prefiram fechar os olhos e ouvir, ou mante-los abertos e ler, deixem-me levar-vos numa caminhada pelo Vale das Lobas, agora que estamos perto do equinócio da primavera. Vou tentar mostrar-vos como é que esta primavera – na montanha, embebida na Natureza – é para mim. Espero que gostem.

O centro de dia de Sobral Pichorro

O centro de dia da aldeia, do qual é responsável a ALASP (Associação de Liga dos Amigos de Sobral Pichorro), é constituído pelas pessoas mais amáveis, e que todos os dias se encarregam de cozinhar refeições para os habitantes mais velhos, de as entregar em suas casas, de limpar a habitação e de cuidar do idoso. São apenas uma mão cheia de funcionárias que o fazem, e muitas vezes são as únicas pessoas que o idoso vê todo o dia, dia após dia. É a realidade de um interior e de uma geração abandonada, mas mantidos corajosamente pelos que ficam por amor à terra, com tudo o que ela tem.

Renascer de pedra

O processo de ver um edifício a ser construído a partir dos mesmos materiais que compõe a paisagem é mesmo muito bonito. Okay, kitchenettes de mármore e mogno em ilha têm imensa piada, mas alguma vez apanharam rochas do chão para fazer uma parede?

O Tadelakt

Tadelakt é uma palavra muito boa. Ouvi-a pela primeira vez há umas semanas e desde então disse-a ou ouvi-a todos os dias. E o que é afinal?

Podando o souto

No Vale das Lobas, na área acima da aldeia de Sobral Pichorro, existe uma incrível floresta de árvores finas e altas, com troncos castanho-claro cobertos de líquenes verdes e fofos, cujo chão está neste momento coberto por um manto de folhas a representar os tons outonais. São castanheiros...

Água e a turbina | parte 2 - mais fontes de energia no restaurante

“Então, vamos dar uma olhadela lá dentro!” Eu e o Dino entramos no restaurante por uma porta aberta depois de balançar uma plataforma de metal em cima de um canal de água...

Água e a turbina vórtex | parte 1

“A beleza da energia hidroelétrica é, claro, que é produzida 24h por dia, o que é muito diferente da solar. (...) Por isso especialmente para estes equipamentos de cozinha como frigoríficos, que precisam de energia continuamente, são ideais para terem fornecimento a partir da turbina de água...

SKIPPY

O Skippy era o primeiro que conheceriam numa visita ao Vale das Lobas, desde que existe um Vale das Lobas. Ele era quem recebia à porta, e se fossem numa caminhada, ele iria à frente indicando o caminho, uma nuvem branca com dois holofotes branco-azulados a fazer de olhos e uma cauda pesada e ondulante.

JUNTEM-SE AO CÍRCULO

O Círculo de Guardiães é uma comunidade alinhada com a missão do Vale das Lobas.

Um Guardião é um título honorário. É um reconhecimento de alinhamento e uma necessidade de envolvimento, oferecendo apoio e serviços inestimáveis, e recebendo muitos benefícios em agradecimento.